Moda x Estilo

Padrão


Meninas, acabo de dar um curso sobre “Auto-imagem e Estilo” e achei interessante compartilhar com vocês alguns pontos apresentados no curso. Vamos conversar hoje sobre estilo e moda, sabendo diferenciá-los?

MODA
Muitas vezes a gente fica perplexa com as propostas que a moda nos oferece, não é mesmo? Daí a crise: tenho que usar isso? Ou pior: quando o mercado nos oferece uma única possibilidade. Lembram quando a moda era calça de cós baixo e a gente não encontrava calça com o cos mais alta em canto nenhum?
A moda é negócio, por isso precisa criar necessidades e oferecer novos produtos com o propósito de manter a cadeia em constante movimento, aquecendo os setores envolvidos como, a indústria têxtil, os Bureaux de moda e estilo, os desfiles, o atacado e o varejo. Ela é mercado, não vê – e nem lhe interessa – as necessidades do indivíduo. Sua dinâmica não leva em conta tipos físicos, mas se pauta na inserção de novas estéticas, com formas, cores e tecidos. Ela tem data para começar (com uma nova coleção) e uma data para acabar (liquidação e a suspensão da venda daquele modelo/produto).
Se a gente for seguir tudo o que a moda oferece, viramos reféns dela, daí o nome “Vítimas da moda”. Deixamos de atender nossas necessidades físicas e pessoais, anulando nossa personalidade e boicotando nossos corpos.
Às vezes, sem perceber, caímos nessa cilada. Isso acontece com bastante frequência com atrizes e cantoras, pois, no afã de mostrar que estão antenadas nas tendências da moda, perdem sua identidade. Vejamos alguns exemplos:
A apresentadora Adriane Galisteu é muito bonita, mas, afinal, qual o seu estilo?



ESTILO
Nem tudo o que a moda lança é legal pra gente. Por isso é importante descobrir o mais rápido possível o que combina com a nossa personalidade, o que atende nossos anseios e como gostaríamos de ser vistos pelos outros. Para nos diferenciarmos da/na multidão queremos deixar nossa marca pessoal ou, como virou moda falar, o nosso DNA. É uma forma de se expressar e de se comunicar, pontuando-se e demarcando-se socialmente.
A pessoa que tem estilo sabe usar as peças da moda que agregam valor à sua imagem. Ela tem consciência corporal e informações das formas e cores que combinam com seu estilo, sua personalidade, seu corpo e seu tom de pele. O estilo é único e individual.
Vamos ver alguns exemplos de pessoas que tem estilo próprio atravessando a linha do tempo e os modismos.
Audrey Hepburn



Carolina Ferraz



E você, já sabe qual é o seu estilo? Vamos aprender a identificá-lo no próximo post?
beijos,
Mara Maia

Sobre Mara Maia

Sou jornalista de moda, semioticista, casada, mãe, professora, consultora de imagem e cuido da minha casa! Adora conversar, dar festas e mantenho uma visão otimista da vida. Por isso criei este blog, para que seja um canal de comunicação entre nós mulheres que fazemos mil coisas e assumimos dezenas de papéis. Abro esta porta para que você se sinta ouvida e/ou respondida, mas também para você mostrar sua voz e compartilhar suas experiências. Venha, o Encontro de Amigas a aguarda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s