Como se reconciliar com seu corpo

Padrão

Nós mulheres vivemos em guerra com nosso corpo, não é mesmo? Se é magra, encontra uma flacidez, se tá cheinha, nenhuma roupa cai bem. Sem falar em cruzar os 35 anos em diante, em pé de guerra com os hormônios e com os sinais de envelhecimento.

Li uma matéria muito legal na Marie Claire francesa (edição Agosto/2011) intitulada “Como eu me reconciliei com o meu corpo”. Achei pertinente conversar com vocês sobre o tema porque estamos aqui conversando quase que diariamente sobre a gente, né? Seja como usar tal roupa, como identificar seu corpo, etc e tal. Sem falar nas conversas de família, educação, filhos,…

Bem, a matéria traz o relato de 5 mulheres, com diferentes corpos, idades, raças e necessidades. Selecionei quatro histórias, traduzi, dei uma resumida e compartilho com vocês esses depoimentos corajosos e inspiradores. Vamos conferir?

Sandrine, 27 anos, assistente médica: eu participei do programa “Belle toute nue”

Elise, 34 anos, restauradora de móveis: a revolução veio com a minha primeira gravidez

Martine Willequet, 62 anos, comediante: salva pelo teatro e pelo olhar dos homens

Allinson, 22 anos, tattoo: eu fiz uma cirurgia plástica no nariz e uma tatuagem

»

  1. Pingback: Sandrine, 27 anos, assistente médica | Encontro de Amigas

  2. Pingback: Martine Willequet, 62 anos, comediante | Encontro de Amigas

  3. Pingback: Allinson, 22 anos, tattoo | Encontro de Amigas

  4. Pingback: Elise, 34 anos, restauradora de móveis | Encontro de Amigas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s