Segundo dia: a visita aos pinguins

Padrão

IMG_3245

No segundo dia fizemos o passeio à Estância Harberton, pela empresa Piratour, incluindo a visita a Ilha dos Pinguins, o que tornou o passeio mega caro. Mas ir ao fim do mundo e não passear com essas aves fofinhas não faz sentido pra gente. A primeira parada foi num lago – ou seria praia aquilo? – com caminho feito de mexilhões. Fiquei paralisada, pois sou alérgica. O cheiro é muito forte e vi gente catando conchas e mais conchas para depois devolver, pois é proibido pegar qualquer coisa da natureza e no aeroporto a fiscalização é infernal. A água é terrivelmente gelada. Só toquei os dedos da mão e não os senti mais. Credo!

Ônibus claustrofóbico e a nossa primeira parada.

Ônibus claustrofóbico e a nossa primeira parada.

Nossa segunda parada foi numa região alta em que as árvores são todas contorcidas pelo forte vento que castiga a vegetação. Formam-se imagens incríveis.

A árvore inclinada pelo vento. E assim são várias.

A árvore inclinada pelo vento. E assim são várias.

Agora começa o passeio pela Estancia Harberton de fato. Fomos para o Museo Acatushún que é bem pequeno, mas tem exemplares de várias espécies (mortos, claro) e biólogos para informar, tirar dúvidas e bater-papo. A gente acompanha todo o processo de coleta, catalogação, secagem. Por sinal, o setor de secagem é insuportavelmente fedido. Ah, aproveite para ir ao banheiro aqui!

Museu.

Museu.

Museu.

Museu.

Agora, finalmente, seguimos para o pequeno porto particular da família para pegamos um bote e seguir para a Ilha dos Pinguins. Haviam me dito que fedia muito a peixe. Não achei. O lugar é realmente um santuário. Eles estão bem protegidos e só se ouve eles brigando. E como brigam! Do nada, um pinguim se levanta e cutuca o bumbum de outro. Pronto, a confusão está armada.

IMG_3232

O local recebe, no máximo, 80 pessoas por dia, mas um grupo não pode cruzar com outro para não estressar os animais. Que por sinal, são muito tranquilos, ignoram nossa presença e eventualmente se aproximam, mas não podem ser tocados. Há um caminho seguro para o turista, pois o solo é cheio de buracos onde depositam seus ovos e filhotes para protegê-los das garras das gaivotas que ficam circundando a ilha.

Tivemos a sorte de encontrar um casal de pinguim Rey com seus dois filhotes. A área não é deles, mas os pinguins Magalhães e Papuás são pacíficos e recebem todos bem, segundo informou a guia.  Missão cumprida.

Os pinguins Rey.

Os pinguins Rey.

Adeus, pinguins!

Adeus, pinguins!

Ah, leve comida e bebida, inclusive água! Este passeio, que toma a manhã inteira e parte da tarde, não tem um único lugar para comprar lanche!

E mal chegamos ao porto e já pegamos uma fila quilométrica para pagar a taxa do porto para fazermos o passeio pelo Canal Beagle (este já estava pago). Cuidado com os fura-filas! Ou por não compreenderem a língua ou as regras, ou por falta de educação mesmo, os asiáticos furam mesmo. Daí vem um policial para pôr ordem.

No barco que nos levou a três pontos turísticos.

No barco que nos levou a três pontos turísticos.

Este passeio é realizado num catamarã grande, com bar e cheio de regras inúteis, como perder o tempo preenchendo ficha com dados pessoais. Ele passa nas “proximidades” das Ilha dos Pássaros, Ilha dos Leões-Marinhos e do Farol. Na prática, só com zoom e com mega lentes para ter uma foto decente desses atrativos turísticos. Voltamos no início da noite, por volta das 19h, mas, como era verão, o sol só se põe por volta das 22h.

O barco fica tão distante que é preciso acionar o zoom do celular. Aqui, Ilha dos Pássaros.

O barco fica tão distante que é preciso acionar o zoom do celular. Aqui, Ilha dos Pássaros.

A embarcação ficou tão distante. frustrante. Mas ali no fundo são leões-marinhos.

A embarcação ficou tão distante. Frustrante. Mas ali no fundo são leões-marinhos.

E lá está o farol.

E lá está o farol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s