Arquivo da tag: livros

5 razões para não querer ser (muito) rico

Padrão

clovis3

O professor de Ética da ECA-USP, Clóvis de Barros Filho, está bombando na internet, principalmente nos sites de relacionamento, após sua entrevista ao Jô Soares. Leia o resto deste post

Anúncios

Suppa ilustra o nosso cotidiano

Padrão

ilustradora_suppa1

No início desta semana eu conheci os trabalhos da artista plástica brasileira, mas com acento francês, Suppa. Minha filha, Laís, chegou em casa com uma agenda com ilustrações desta profissional. Achei tão interessante que fui pesquisá-la na internet. Leia o resto deste post

Dica de viagem: a rota do perfume

Padrão

renata ashcar3

Tá procurando uma viagem diferente para fugir do circuito turístico das agências de viagem? Você já pensou em ir a Paris com o propósito de descobrir os aromas do país? Você conhece a Rota do Perfume, na França? Leia o resto deste post

As paixões de Brad Pitt

Padrão

brad pitt3

Bonitinho por natureza, o ator Brad Pitt, 49 anos, continua arrancando suspiros da mulherada, independente da idade. Charmoso e super-marido-pai, arranca também elogios pelo seu estilo desencanado e posições políticas progressistas. Leia o resto deste post

Festa da USP: livros com mais de 50% de desconto

Padrão

Nossa, faz um tempão que não trago um livro para vocês! Mas, com a aproximação da 14ª Festa do Livro da USP, achei que seria legal trazer informações deste evento. Sem falar que é uma ótima sugestão para você comprar os presentes de final de ano. Leia o resto deste post

As dicas de maquiagem de Carmindy

Padrão

Muitas de vocês conhecem o trabalho da maquiadora Carmindy. Ela faz parte da equipe do Esquadrão da Moda (What not to wear EUA) que transforma uma Gata Borralheira em Cinderela. Leia o resto deste post

Sofrimento x Felicidade

Padrão

Vocês conhecem o trabalho e livros da psicóloga espanhola Maria Jesús Álava Reyes? Autora de “A Inutilidade do Sofrimento” (Ed. Esfera dos Livros) e “Recuperar a Ilusão” (Ed. Esfera dos Livros), ela faz as pessoas compreenderem que existe um sofrimento real – um acontecimento doloroso, como uma perda – e o construído por um discurso de lamentações e insatisfações, oferecendo ferramentas para mudar os pensamentos e as atitudes negativos, revertendo-os em ações transformadoras e positivas. O objetivo é “sair de um sofrimento inútil e aprender a conduzir a própria vida”. Leia o resto deste post