Arquivo da tag: quente

Mitos da moda em xeque

Padrão

Agora vamos conhecer os 20 mitos da moda questionados pelo jornal inglês The Mirror. Alguns eu até concordo, mas outros eu não penso igual. Confira, diga o que você acha e abrimos aqui um debate! Leia o resto deste post

Anúncios

Casar: O vestido ideal X Corpo

Padrão


Depois de pesquisar preços de produtos e serviços e ter escolhido o local da cerimônia, vamos pescar algumas orientações de consultoria de imagem para que vocês percebam seus corpos, reconheçam suas formas, identifiquem o que cai bem ou não e saibam tirar proveito da roupa escolhida.
O passo seguinte é saber que cores ficam bem em vocês e quais as deixam abatidas. A pele humana é classificada em Quente e Fria, conforme sua pigmentação. Para saber identificar que tipo de pele vocês têm, há uma técnica básica: ponha próximo de seus rostos um papel dourado, de um lado, e um prateado, do outro. Sobre qual deles sua pele se destacou?

Se o rosto iluminou com o dourado, a pele é quente. Caso pigmente com o prateado, a pele é fria. As peles quentes ficam muito bem com as cores vibrantes, como o vermelho, o amarelo e o laranja. As cores pastéis também lhe caem bem. Já as frias, ficam melhor com as cores verde, azul, rosa, branco e preto.
Alguém pode perguntar: minha pele é fria, mas eu gosto das cores indicadas para a pele quente! O que faço? Para tudo há uma ótima solução: mantenha as cores que não são indicadas para sua pele longe do seu rosto. Invista estas cores em acessórios e nas peças de baixo, entendeu? 😉

Anna Beatriz é muito branca, com sobrancelhas e cabelos escuros. Vejam como o vestido branco a iluminou.

Mas, para o casamento, um resumo rápido: se a pele é fria, evite o bege e Cia, prefira o branco, por exemplo. Já as peles quentes, podem usar bem as cores pastéis e evitar o branco puro.
Com informações e um ótimo espelho, não tem como errar. Quando a roupa cai bem, a pessoa se sente mais segura e passa isso para os outros. E esse é um momento em que queremos estar perfeitas, impecáveis e admiráveis. Confira:
1. Se você está grávida, não esconda. É ridículo. Assume seu corpo transformado e escolha uma roupa que vai se adaptar as mudanças naturais da gestação. O ideal é o estilo imperial que, abaixo dos seios, fica bem solto, escondendo quadris largos e barrigas salientes.

2. Ser gordinha ou estar acima do peso não a impede de ter o vestido que sempre quis. Dica esperta: invista em cortes retos ou drapeados em diagonal, localizados na área da cintura, para enxugar as formas. Veja modelos que ficam super bem para seu corpo.

3. Braços gordinhos podem ser disfarçados com mangas, sem drama algum. Não pensem que só as gordinhas têm braços fortes! Quem tem o formato de corpo triângulo invertido pode apresentar essa característica.


4. Para mulheres com pouco busto, escolha um vestido com drapeados, pregas e babados concentrados nesta área.

Seu caso é o contrário? O decote V de ombro-a-ombro disfarça bem o volume, alongando o pescoço. Outra opção é usar um tomara que caia reto. Evite alças retas.

5. Se o seu corpo tem o formato retangular, isto é, sem cintura mas esguia, escolha um vestido sereia com drapeados estratégicos ou com estrutura de corselete. A cintura vai parecer, com certeza!

6. Se você é baixinha como eu (meço 1,59 m), o estilo princesa é uma ótima opção por criar linhas longas ininterruptas, alongando todo o seu corpo, ou o look império, pois abaixo dos seios cria um tronco comprido.

7. O que fazer com quadris largos? Os vestidos de baile são um grande achado. Outra alternativa é a parte da saia ter um drapeado diagonal em direção à cintura.

Links relacionados ao tema:
Vestidos versáteis para casar
Aonde vou casar?
Dicas espertas para casar
Você conhece o seu corpo?