O médico que promove saúde

Padrão

claudio domenico3_livro

Li uma entrevista com o cardiologista comportamental, Cláudio Domênico, na revista J.P., de junho, bem bacana. Sabe aquele médico que conversa com você para saber seus hábitos alimentares e entender seu estilo de vida, para ter informações mais precisas para fechar um diagnóstico?

Pois é, este homem está nesta categoria. Sorte dos pacientes dele, né? Sorte nossa também ele ser uma pessoa que gostar de falar, ler e escrever! Para compartilhar com as pessoas sua visão do que é saúde e como promovê-la dentro de cada pessoa, ele escreveu o livro Te cuida! Guia para uma vida saudável, lançado pela editora Casa da Palavra, que traz pontos pertinentes para encontrarmos o equilíbrio e termos saúde.

claudio domenico1

A frase-chave é MUDANÇA DE HÁBITOS. A gente tem que aprender a transformar maus hábitos em bons hábitos. É fácil? Não mesmo!!! Até porque uma coisa é saber e outra coisa é colocá-la em prática. Existe mesmo um vácuo entre os dois. Só a força de vontade e a disciplina os aproximam.

O médico Domênico tenta fazer essa conexão com diálogo. Durante a consulta, ele deixa o paciente bem à vontade, falando tudo o que quer. Daí o traz à reflexão sobre o que ele deseja e como promover o bem estar dentro da sua vida.

É raro ver um médico especialista que vai além do órgão que estudou. Este cardiologista mostra que o corpo todo está conectado e há uma integração harmoniosa entre eles. Não adianta dar um remédio para pressão alta, por exemplo, se a pessoa vai continuar com os mesmos hábitos alimentares. Como ele mesmo diz na entrevista, seu trabalho “envolve um pouco de filosofia, de biologia, psicologia, coisa que muitas vezes não somos preparados na nossa faculdade, na nossa formação. É preciso estudar”, conclui.

claudio domenico2_fotoOglobo

Ele tem uma técnica muito interessante, chega a ser embaraçosa, mas eficiente. O paciente relata seus hábitos. Em seguida, o médico pede para ligar para a esposa do paciente para ratificar a história. Xiiiiii… É aí que o bicho pega. Claro que tem muitas mentiras, né?

Pois é, parece infantil, mas é um mecanismo nosso negar. É mais fácil negar do que enfrentar o desafio da mudança.

A tática do Dr. Domênico para saber se a pessoa tem tempo para si mesmo é saber se ela ler e o que ela ler. “Se a pessoa responde que só lê jornal, ela está dizendo que não tem tempo para sua vida. Leitura é um hobby excepcional, puro conhecimento e conhecimento é poder. O livro trabalha a memória. E as pessoas não andam lendo nada.”

Com essa visão holística, ele procurar ajudar o paciente na mudança de hábitos e, algumas vezes, trabalha em parceria com outros profissionais, como psicólogos, psiquiatras, nutricionistas. Ele acredita na eficácia da prevenção. Eu também!

No próximo post, eu vou colocar aqui algumas sugestões do cardiologista para melhorar a nossa qualidade de vida e dar aquele empurrão para que você se sinta mais feliz e saudável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s